Amantes Da Ferrovia

Apaixonados por trem

O primeiro carro de aço carbono para passageiros, construído em 1954 pela Companhia Industrial Santa Matilde, para a E.F.Vitória a Minas.

Este é um veículo de 17 metros (15 janelas, contando com a do banheiro), capacidade para 56 assentos e outros detalhes interessantes; o teto da mesma cor que as laterais do veículo, além de não apresentar os "respiradores" de entrada de ar. A escada do vestibulo é externa e fixa.

Este, sem dúvida alguma, foi o histórico e pioneiro dentre todos os carros Santa Matilde construidos para a Vitória a Minas, cuja inscrição é B 121, um carro de 1ª classe.

 

Novamente, um dos pioneiros dentre os carros Santa Matilde construídos para a Vitória a Minas, agora, porém, com o teto na cor prateada. O teto, ainda sem os "respiradores" de ventilação e a escada ainda fixa e externa. Este é um carro de 1ª classe cuja inscrição é B 123, construído em 1954, juntamente com o B 121.


 

O Histórico Carro E, um dos carros Rio Doce 1ª classe, da EFVM - CVRD cuja inscrição era B-133, dependendo da formação da composição. Era uma medida da Companhia Vale do Rio Doce identificar os carros de 1ª classe por letras, conforme fora explicado anteriormente! Este, no entanto, é um veículo fabricado em 1959 pela Santa Matilde, agora, porém, com os "respiradores" de teto e a escada giratória e interna

Vale lembrar que, em certas conjunturas, principalmente a partir de 1976, o Carro P-206 da RFFSA - SR2 é que era o Carro E, isso dependia, repetindo, da formação da composição. Por exemplo, eram cinco carros de 1ª classe na composição do Noturno Rio Doce, de modo que suas placas eram A, B, C, D e E. Se o carro da RFFSA - SR2 P-206 fosse o segundo, ele seria o Carro B; se fosse o primeiro, seria o Carro A, mas se fosse o último dos cinco, seria o Carro E e isto, acreditem, foi desde 1972 na fase RFFSA - 6ª Divisão Central até 1976, na fase RFFSA - SR2 até 1983.

Os três primeiros carros acima, caracterizam a Fase 1 do Trem Rio Doce, que foi de 1954 à 1970, aproximadamente.

 

Novamente o Carro E cuja inscrição era B 133, agora, porém, na Fase 2 do Trem Rio Doce, com os "respiradores" de teto, escada giratória e interna e a faixa da janela inteiriça e a logomarca da Companhia Vale do Rio Doce.

Todos os desenhos acima, de autoria de Hélio dos Santos Pessoa Júnior (autor do Blog).

 

Hélio dos Santos Pessoa Júnior

Em 21 de março de 2011 às 19:30

Exibições: 474

Comentar

Você precisa ser um membro de Amantes Da Ferrovia para adicionar comentários!

Entrar em Amantes Da Ferrovia

Publicidade

Membros

Música

Carregando...

Últimas atividades

sushanta postou um status
"Watch Sydney Swan…"
10 horas atrás
sushanta postou um status
"NRL New Zealan…"
10 horas atrás
sushanta postou um status
"Watch Wests…"
10 horas atrás
Neida Lucia Barzoti comentou a foto de Marcio Sette Cardoso
18 horas atrás

© 2017   Criado por Amantes da Ferrovia.   Ativado por

Badges  |  Relatar um incidente  |  Termos de serviço